• Home
  • Destaque
  • Flor do Maracujá 2024 — 40ª Edição – A Gazeta de Rondônia

Flor do Maracujá 2024 — 40ª Edição – A Gazeta de Rondônia

O maior do Norte é nosso!

Bem-vindo aos 40. O tradicional e tão esperado Arraial Flor do Maracujá chega aos 40 anos e rompe gerações trazendo nas temporadas juninas uma celebração rica em história, tradição e cultura, sendo ingredientes fundamentais para a festa que envolve união, alegria e diversão para pessoas de todas as idades. Em quatro décadas de festa, comemoradas em 2024, o Flor do Maracujá fortalecendo laços com a sociedade e as tradições populares. 

A história do tradicional arraial nos faz entrar em uma espécie de uma “máquina do tempo imaginária” e com os cintos afivelados percorrermos os momentos mais importantes, as origens, até chegarmos aos momentos atuais, com a evolução ocorrida e que enriquece e enche de expectativas a festa junina, envolvendo grupos folclóricos de quadrilhas juninas e bois-bumbás.

A festa, que antes acontecia em quadras de esportes de escolas de Porto Velho, praças, ruas, quintais e outros locais menores, desde 2015 acontece no Parque dos Tanques, na Capital.

A BELEZA DA FLOR DO MARACUJÁ

Conta a história de geração para geração que o nome do arraial reflete à homenagem a uma das primeiras quadrilhas que se tem notícia em Porto Velho, denominada QUADRILHA FLOR DO MARACUJÁ organizado pelo Sr. Joventino Ferreira Filho, morador no Bairro do Triângulo, na década de 50. Naquela quadrilha junina, as damas embelezavam os cabelos com as flores de maracujá, que ali existiam em abundância na época junina. Para se ter uma ideia da beleza, basta sabermos que as flores do maracujazeiro sempre exerceram um fascínio sobre a humanidade, com sua diversidade de formas, cores e significados. Entre as muitas flores que embelezam nosso mundo, a flor de maracujá se destaca com sua aparência exótica e simbolismo profundo.

 O CRESCIMENTO DO ARRAIAL

São 40 anos em que o governo de Rondônia estimula o comércio e gera oportunidades de emprego com a realização do Flor do Maracujá. O sucesso do evento é resultado do engajamento dos grupos em realizarem apresentações grandiosas. Em 2019, o governo do estado reconheceu o Arraial Flor do Maracujá como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do Estado de Rondônia, pela Lei nº 4.635, sancionada pelo governador Marcos Rocha em 31 de outubro do mesmo ano. 

A ECONOMIA 

O Arraial Flor do Maracujá é realizado pelo governo de Rondônia, com organização da Secretaria de Estado da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel). Para a realização do evento em 2024, o governo do estado investiu R$ 1.763.000,00, sendo R$ 563.000 de repasse para os grupos folclóricos; e R$ 1.200.000,00 para estrutura. 

A importância do governo do estado realizar o arraial é que, além de se tratar do maior preservador das danças, lendas, costumes e comidas típicas de Rondônia, movimenta a economia do Estado, gerando empregos, bem como impulsiona o setor do empreendedorismo e a economia informal. Gera lucros a cada fantasia confeccionada, a cada instrumento utilizado e reflete positivamente o desenvolvimento de Rondônia. 

Neste ano, o Arraial Flor do Maracujá, terá a apresentação de 32 agremiações folclóricas, entre quadrilhas juninas e bois-bumbás. A festa vai acontecer de 21 a 30 de junho, no Parque dos Tanques, em Porto Velho. Fonte: Sejuscel

Clique aqui para acessar a Fonte da Notícia

VEJA MAIS

Ozzy Osbourne é garoto-propaganda de nova camisa de time inglês; vídeo

Nesta terça-feira (23) o Aston Villa, da Inglaterra, divulgou em suas plataformas oficiais os novos…

Filme de Walter Salles com Fernanda Torres vai a dois festivais internacionais

O filme brasileiro “Ainda Estou Aqui” foi selecionado para a competição oficial do Festival de…

veja quem tem direito e como evitar fraudes – A Gazeta de Rondônia

O Ministério da Fazenda informou que uma portaria editada pela pasta no fim de junho…