• Home
  • Entretenimento
  • Flávia Alessandra e Thaila Ayala refletem sobre envolvimento em causas sociais

Flávia Alessandra e Thaila Ayala refletem sobre envolvimento em causas sociais

Flávia Alessandra e Thaila Ayala, embaixadora e madrinha do evento Leilão Beneficente Cidades Invisíveis, respectivamente, comentaram sobre a importância de participarem de projetos solidários durante o jantar que aconteceu na noite de quinta-feira (13), no Hotel Rosewood, localizado na região central de São Paulo.

“Meu envolvimento com projetos sociais vem da minha base”, contou Thaila Ayala em conversa com a CNN durante o evento.

“Eu vim de uma ‘Cidade Invisível’, vim de uma família muito pobre. Minha mãe foi empregada doméstica a vida toda, eu comecei a trabalhar com 13 anos, de babá, para ajudar em casa. Já tivemos que escolher se cortava água ou luz. Eu vim de um lugar onde a gente precisava muito de doação de tudo”, complementa.

Por conta da vida difícil, Thaila diz entender mais da situação e de como se colocar mais no lugar de pessoas em situação de vulnerabilidade. “Sempre gostei de me envolver em projetos sociais porque eu sempre fui assistida por eles. O mínimo que eu posso fazer é retribuir o que eu recebi um dia, com a minha voz, minha audiência.”

Flávia Alessandra acredita que é de extrema importância que artistas se mobilizem em prol de causas sociais.

“A gente tinha uma cultura antigamente de fazer e não falar, fazer tudo às escondidas e não querer aparecer. Acho que a gente teve uma mudança de comportamento muito importante, da gente passar a divulgar coisas que são importantes na nossa vida e fazem a diferença. Não como um exemplo, mas como uma inspiração. Além disso, é importante dar visibilidade aos projetos, dar alcance, isso são coisas que podem ajudar a potencializar esses projetos”, refletiu a atriz.

O Leilão Beneficente Cidades Invisíveis reuniu famosos, empresários e entusiastas da arte com o objetivo de angariar fundos em prol de projetos sociais de vários lugares do Brasil. Esta foi a sexta edição do evento destinado ao CI, e bateu recorde de arrecadação, alcançando mais de R$ 2 milhões.

Clique aqui para acessar a Fonte da Notícia

VEJA MAIS

G20: tecnologia pode ser ferramenta para redução de desigualdades

Os ministros do G20 da Reunião de Desenvolvimento reconhecem a tecnologia como importante ferramenta para…

o que são e como funcionam as convenções partidárias – A Gazeta de Rondônia

Desde o dia 20 de julho, os partidos e federações estão autorizados a realizar as…