• Home
  • Destaque
  • Cirone Deiró busca mais prazo para empresários que aderiram ao Refaz

Cirone Deiró busca mais prazo para empresários que aderiram ao Refaz

O deputado estadual Cirone Deiró (União Brasil) informou, na última quinta-feira (20), que o Governo do Estado baixou um decreto que altera a lei que trata do pagamento de dívidas, para empresários que aderiram ao Programa de Recuperação de Créditos de Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) da Fazenda Pública Estadual (Refaz). Com a mudança, válida a partir do dia 19 desse mês de junho, o prazo para quitação de parcelas em atraso muda de 30 para 90 dias. “Fizemos um trabalho junto a Sefin e a Casa Civil e conseguimos efetivar essa alteração”, explicou.

Segundo Cirone Deiró, antes, após 30 dias de atraso de uma parcela do débito renegociado, a empresa já era inscrita em dívida ativa e ficava impedida de retomar o parcelamento. Com a alteração, o prazo aumentou para 90 dias. O deputado disse que trabalhou para efetivar a mudança, após ser procurado por representantes de diversas entidades empresariais do Estado. “Agora, mesmo atrasando uma ou duas parcelas, esses empresários terão a oportunidade de quitar esses valores e continuar tendo o benefício do parcelamento”, afirmou.

O contador Ivandro Brandani Gusmão enalteceu a importância do trabalho realizado pelo parlamentar. “Mais uma vez o deputado Cirone atendeu ao anseio dos empresários rondonienses, pois, além de permitir a reativação dos parcelamentos não cumpridos, ampliou o prazo de pagamento”, afirmou.

Fonte: Eli Batista / Assessoria parlamentar

Clique aqui para acessar a Fonte da Notícia

VEJA MAIS

Só 6,9% das áreas urbanas do país são cobertas por vegetação

Apenas 6,9% das áreas urbanas das cidades brasileiras são cobertas por vegetação. Isso equivale a…

Ex-servidor público é encontrado morto com tiro na cabeça em motel na capital

Ricardo M. F., de 40 anos, foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (19), em…

AGU defende suspensão da privatização da Sabesp

A Advocacia-Geral da União (AGU) defendeu nesta sexta-feira (19) no Supremo Tribunal Federal (STF) a…